🎙 A rádio que todo mundo ouve!

🎼 Escute no rádio, no carro, pelo APP e pelo site!

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Porto Velho

Menu

Polícia Civil esclarece latrocínio e suspeitos de ação criminosa na capital de RO

A Polícia Civil Civil do Estado de Rondônia, por intermédio da Delegacia Especializada em Repressão a Roubos e Furtos – DERF (Patrimônio) deflagrou nas primeiras horas desta terça-feira (07/03) uma operação em combate ao latrocínio que vitimou Cleidson Galdino Alves Brito, ocorrido em 08/01/2023, no bairro Planalto em Porto Velho-RO.

Segundo as investigações, Cleidson foi morto por engano, o alvo era outro. O inquérito policial apresentou indícios de que M. de L. S., vulgo “Canela” (43) pagou R$ 400,00 reais para João Pedro da Silva, vulgo J. P. executar seu desafeto.

No momento do crime, João Pedro é suspeito de, em tese, ter matado a pessoa errada, o vizinho. Ele chegou atirando com espingarda artesanal, deu facadas e ainda subtraiu o aparelho celular da vítima.

Um terceiro envolvido na ação criminosa F. M de S. (32) deu apoio ao crime. Ele fez a cobertura do lado de fora da casa da vítima, evitando alguém chegar e atrapalhar a ação criminosa.

Diante das informações, o delegado Daniel Braga representou pela prisão preventiva dos suspeitos, que foram deferidas pela justiça.

Na manhã desta terça-feira, os agentes da Especializada cumpriram a ordem judicial e prenderam preventivamente o mandante do crime M. de L. S. vulgo “Canela” e F. M. de S, que deu apoio, ambos confessaram o crime.

M. de L. S. vulgo “Canela” e F. M. de S. foram encaminhados ao Sistema Prisional onde permanecerão à disposição da Justiça.

O executor João Pedro da Silva, vulgo J. P. não foi localizado. Nesse sentido, visando o interesse público divulgaremos sua imagem solicitando ajuda a população com qualquer informação que possa levar ao seu paradeiro.

 

.

PCRO

× Quero anunciar!