Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Economia

Após queda de preço, botijão de gás de cozinha volta a subir até 8,09%

GLP teve aumento de 1,29% em março e leve queda nos primeiros dois meses de 2022. No último ano, acumulou alta de 32,45% - Foto: Reprodução

Em Rondônia o preço médio do botijão de 13 kg do gás de cozinha (GLP) chego a R$ 133,79. Um aumento de 1,25%, com o valor, o estado se mantém com o segundo maior preço médio em todo o país

Em março, o aumento do botijão de gás foi bem menor (1,29%). Já nos dois primeiros meses do ano, leves quedas – Foto: Reprodução

O botijão de gás subiu 8,09% em abril, segundo a prévia da inflação feita pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística). No acumulado dos 12 últimos meses, a alta foi de 32,45%.

Em março, o aumento do botijão de gás foi bem menor (1,29%). Já nos dois primeiros meses do ano, leves quedas, incapazes de diluir a elevação dos últimos 60 dias, foram registradas. Em janeiro, a redução foi de 0,49% e em fevereiro de 0,25%.

Aumento de preços em cada região

Desde o início do ano, todos os estados tiverem aumento no preço do botijão de gás de 13kg, comparando janeiro com abril, segundo dados da ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis).

A região onde o botijão tem o valor médio mais elevado é a Norte (R$ 123,55). Os preços variam entre R$ 98,00 e R$ 150,00. O custo em janeiro, na média, era de R$ 111,67. Já o maior valor pago não ultrapassava R$ 135,00 e o menor chegava a até R$ 90,00.

Em Rondônia o preço médio do botijão de 13 kg do gás de cozinha (GLP) chegou a R$ 133,79. Um aumento de 1,25%, com o valor, o estado se mantém com o segundo maior preço médio em todo o país.

Enquanto neste mês, o Sul e o Centro-Oeste têm o preço máximo mais elevado, R$ 160,00 e o mínimo de R$ 95,00. Três meses atrás, os preços variavam cerca de R$ 50,00, com valor máximo de R$ 135,00 e R$ 140,00, respectivamente.

Já a média de preço em janeiro nos estados do Sul era de R$ 105,06 e passou para R$ 115,96 em abril. No Centro-Oestre, valor médio foi de R$ 109,93 para R$ 121,06.

No Nordeste, costumava-se pagar no botijão de gás em média R$ 99,56, mas agora esse custo é de R$ 111,58. No começo do ano e os preços iam de R$ 79,99 a R$ 126,00. Em abril, o mínimo passou a ser R$ 78,00 e o máximo R$ 139,00.

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página

Na região Sudeste, o preço médio é de 110,76, que varia de R$ 80,00 a R$ 149,00. Em janeiro, botijão de gás custava cerca R$ 100,41. O valor máximo desembolsado era de R$ 78,00 e o máximo de R$ 130,00.

 

Fonte: R7

Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Rondônia

Um vídeo que mostra os últimos minutos de vida de uma mulher que foi morta pelo tribunal do crime. A jovem identificada como Adriana...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Destaques

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia informa os horários de restrição de circulação de veículos em razão dos feriados de Natal e de...

Publicidade
× Quero anunciar!