Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Rondônia

VILHENA: Servidora pública que cobrava propina é condenada a 21 anos de prisão

A Justiça Estadual acatou a denúncia do Ministério Público (MP-RO) em Rondônia e condenou a ex-chefe da Seção de Infrações e Penalidades no Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (DETRAN-RO) da Ciretran de Vilhena, Evelyn Anne Bucanac Mohamed da Silva à pena de 21 anos e cinco meses anos de reclusão e ao pagamento de multa no valor de R$ 3.899,74, por “receber vantagem indevida em razão da função que ocupava no órgão estadual de trânsito. Ela não poderá recorrer da sentença em liberdade. A acusada foi presa preventivamente em 24 de novembro de 2020 pela Polícia Civil.

Segundo a Justiça, entre julho e agosto do ano passado a então servidora Evelyn Anne solicitou e recebeu o valor de R$ 50,00 (cinquenta reais) de um homem a pretexto de “agilizar” a liberação da motocicleta que havia sido apreendida e encaminhada ao pátio da Ciretran. Assim, um dia após o pagamento da vantagem indevida solicitada, o veículo foi liberado e tornou à posse do dono.

Em outra situação Evelyn Anne cobrou R$ 80,00 (oitenta) para agilizar a liberação de uma outra motocicleta apreendida pela Polícia Militar e encaminhada ao pátio da Ciretran. O dono do veículo foi até o órgão de trânsito e alegando dificuldades financeiras conseguiu “um desconto” e um dia depois de pagar a propina teve a moto liberada.

O homem que pagou para ter o veículo liberado foi ouvido no inquérito policial e disse que Evelyn cobrava de R$ 100,00 a R$ 150,00 para agilizar os processos de veículos apreendidos e que se não pagasse a quantia a motocicleta ficaria retida e seriam cobradas também taxas de diária.

A denúncia também cita cobrança de propina de 1.000,00 ou 1.500,00 por parte da ex-servidora. O relato de uma testemunha que comprova os crimes está na página 4 da sentença que pode ser lida na íntegra ao final desta matéria.

Já a acusada, quando interrogada, admitiu que recebeu vantagem indevida apenas por uma vez para um recurso que faria para contestar as multas.

Evelyn Anne está presa no presídio feminino do Estado em Vilhena. O regime inicial de cumprimento da pena é o fechado, decidiu a juíza Liliane Pegoraro Bilharva da 1ª Vara Criminal.

DIREÇÃO DA CIRETRAN

Ao Vilhena Notícias, Gustavo Ozeika Coelho – chefe da Ciretran de Vilhena – disse que o órgão não compactua com tais práticas criminosas e tem o compromisso de seguir as normas e leis estabelecidas.

O chefe da Ciretran informou que a servidora era a única portariada do órgão, uma indicação política. A própria Evelyn Anne disse, quando foi presa, que ocupava o cargo de chefia por indicação da deputada estadual Rosangela Donadon (PDT). Em sua página pessoal no Facebook Evelyn mantinha fotos da deputada e não escondia a relação pessoal de amizade com a parlamentar.

Fonte: Noticias Vilhena

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página
Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Brasil

A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou um boletim nesta terça-feira (23) na qual condena, entre outros pontos, o uso de remédios sem eficácia contra...

Mundo

O Canal de Suez, no Egito, é uma das principais travessias marítimas do mundo para o transporte de mercadorias e matérias-primas. Desde terça-feira, a passagem...

Publicidade
× Quero anunciar!