Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Brasil

Policiais trocam tiros e moto é recuperada dentro de embarcação no porto do SENAG em Guajará-Mirim

Na noite de domingo, Policiais Militares trocaram tiros com suspeitos nas proximidades do porto da SENAG na região central de Guajará-Mirim.

De acordo com a Polícia, por volta de 22h30min, uma guarnição fazia patrulhamento pela Avenida Constituição quando se aproximavam da Distribuidora Coimbra, os policiais observaram uma motocicleta cruzando a via rumo ao porto pela Avenida Dr. Lewerger em alta velocidade.

Os policiais sairam em busca do suspeito e ele adentrou no Porto do SENAG, mais especificamente em um local que serve de cruzo de contrabando e produtos ilícitos para o país vizinho.

Os policias deixaram a viatura na entrada do Porto e seguiram a pé, e no caminho encontraram várias pessoas que chegavam em um barco clandestino, os policiais perguntaram as pessoas se tinham visto alguma moto chegar no local, e alguns disseram que a moto estava sendo colocada em uma canoa, já na beira do rio.

Quando os policiais chegaram no barranco, viram uma canoa de madeira dentro da água, já com o motor rabeta ligado, e um homem embarcado uma moto HONDA/XRE de placa RSV-4E44 de cor cinza.

Na embarcação tinha duas pessoas, e em terra do lado da canoa tinha um rapa que aparentemente nada tinha a ver com a situação, os policiais deram ordem de parada e pediram que todos colocassem as mãos na cabeça.

Um dos suspeitos que estava na canoa, sacou uma arma e efetuou um disparo na direção aos policiais, que reagiram e efetuaram vários disparos em direção ao suspeito que não se rendeu e pulou nas águas desparecendo em seguida.

Os policiais pediram reforço, e enquanto o apoio chegava, os dois suspeitos deitaram no chão, e foram detidos pelos policiais.

A ocorrência relata que quem estava na canoa era Antônio José S. N de 29 anos, que estava embarcando a motocicleta, quando a polícia chegou ao local.

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página

Durante as investigações ele assumiu ser o responsável pelo cruzamento da moto para a Bolívia, e afirmou que o outro rapaz que também foi detido, não tinha nada a haver com a situação, pois ele tinha acabado de chegar da Bolívia, após passar por uma revista pessoal o outro rapaz foi liberado.

Várias buscas foram feitas pela beira do rio, mas o suspeito que pulou nas águas não foi localizado, os policiais então fizeram a apreensão de um motor, não sendo possível aprender a embarcação, por falta de meios de transportá-la.

Segundo a polícia, Antônio José já foi preso por receptação de objetos roubados, e acredita-se que ele faça parte de uma associação do crime organizado.

Ele recebeu voz de prisão e foi conduzido e apresentado na Delegacia Regional de Polícia Civil ao comissário de plantão.

Fonte: Agora Guajará

Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Rondônia

Um vídeo que mostra os últimos minutos de vida de uma mulher que foi morta pelo tribunal do crime. A jovem identificada como Adriana...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Destaques

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia informa os horários de restrição de circulação de veículos em razão dos feriados de Natal e de...

Publicidade
× Quero anunciar!