🎙 A rádio que todo mundo ouve!

🎼 Escute no rádio, no carro, pelo APP e pelo site!

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Porto Velho

Menu

Lei que estabelece auxílio de R$ 1 mil para catadores da Vila Princesa é sancionada em Porto Velho.

O Prefeito de Porto Velho sancionou a lei que garante um auxílio de R$ 1 mil para os catadores de materiais recicláveis que moram na Vila Princesa. A medida foi adotada depois que a prefeitura decidiu desativar o lixão municipal e implantar um aterro sanitário.

Na última semana, moradores da Vila Princesa relataram ao portal de notícias o medo das consequências geradas pela desativação do lixão, já que a maioria deles possui como renda única a reciclagem. Nizete Alves, uma das catadoras de lixo na comunidade, menciona que a maioria dos trabalhadores não é alfabetizada, o que dificulta a busca por emprego.

“Tudo que fizemos de reciclagem é para o nosso benefício, até roupa a gente tira de lá. Eles vão tirar nossa moradia e nosso emprego. Somos uma comunidade. Quando não tem dinheiro, vamos lá e conseguimos ligeiro algum trocado para comprar comida”.

 

O benefício nomeado de “Mãos Dadas” é válido por seis meses, mas pode ser prorrogado pelo mesmo período.

De acordo com o documento, o valor mensal de R$ 1 mil será disponibilizado para 190 famílias que estão cadastradas na Secretaria de Assistência Social e Família (Semasf). No entanto, a norma estabelece que será excluída da lista quem voltar a catar materiais no interior da Lixeira desativada da Vila Princesa.

Ainda segundo o documento da lei, os recursos destinados ao pagamento do benefício serão disponibilizados pelo Tesouro Municipal.

Fonte: G1 Rondônia

× Quero anunciar!