Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Capital

Gleyciane Prata expõe no Ivan Marrocos em Porto Velho

O que define a qualidade de um artista? Seus traços, suas cores ou sua forma de enxergar o mundo? Parece que é de tudo um pouco, ou um pouco de tudo, se preferir. Gleyciane Prata é uma nova concepção para as artes plásticas de Rondônia. No seu trabalho usa materiais como tinta acrílica para tecido, tinta para aquarela, papel vergê e tela, além é claro dos variados pinceis. Ao manipulá-los produz peças dignas de admiração e que aguçam o desejo de tê-las na nossa sala, tamanha delicadeza. Traduzindo assim o seu trabalho, este novo nome das artes plásticas da capital rondoniense chega para sua primeira exposição individual. O momento não é dos mais favoráveis, mas ainda assim acreditou e aceitou o convite da Fundação Cultural de Rondônia-Casa de Cultura Ivan Marrocos e desde então, isso foi há seis meses, trabalhou incansavelmente para captar a alma de sua primeira exposição.

Pensar, sentir, visualizar e imaginar como seria esta estreia por vezes lhe tirava o sono e trazia dúvidas, confessa a artista, mas o peso da responsabilidade a impulsionava a buscar um pouco mais. “Quando eu recebi o convite tinha poucos trabalhos disponíveis, mas não podia dispensar a oportunidade”, confidencia, admitindo que o convite foi uma surpresa enorme. Para ela expor na Galeria Afonso Ligório era de fato um sonho ou um projeto, mas não tinha ideia de que seria concretizado agora. Quanto a novos planos ela prefere deixar as coisas acontecerem, em especial enquanto durar a pandemia, mas não descarta a possibilidade de mostrar seu trabalho em Rio Branco, sua cidade natal, com a qual mantém fortes laços e ligação com artistas locais, e onde acredita que as portas estarão sempre abertas. No momento a certeza da artista é que continuará ministrando aulas de pintura. Interessados podem procurá-la pelo telefone/whatsapp (69)99267-3136. Com exceção de um quadro, todos os demais da exposição estão à venda. Os preços variam de 40 a 500 reais. “Tudo depende de uma negociação”, salienta Gleyciane.

O interesse pela arte surgiu aos nove anos, quando desenhava vestidos para suas bonecas. Achava que seria uma estilista, mas depois veio a descoberta da real vocação, desenhar e pintar e nesta estrada ela já está desde os 12 anos, quando frequentou o primeiro curso de pintura. Desde então tem procurado o aperfeiçoamento e mesmo sendo professora continua estudando e pesquisando. Em Porto Velho ela está há quase 15 anos. Já tendo participado de concursos de artes plásticas em algumas ocasiões e exposições coletivas.

A Galeria

Organizar uma exposição não é uma tarefa muito fácil, em especial para quem está estreando no mercado. A colaboração da equipe da Casa de Cultura foi essencial. O artista plástico João Zoghbi está como curador da exposição Laços Fraternos – Esperança. Profissional experiente, Zoghbi, de acordo Gleyciane, foi fundamental para que tudo ficasse maravilhoso. “Ele deu ideias e se dispôs a executá-las, foi muito importante a ajuda dele”.

A exposição permanecerá na Ivan Marrocos até o dia 31. O horário para visitação é das 8 às 18 horas, de segunda a sexta-feira. Gleyciane convidou seis outros artistas para compor com ela a Laços Fraternos. São eles Mari Bhrusck, Adriane Cardoso, Homero Rodrigues, Luciano Pinheiro, Arlete Cortez, João Henrique e Joabson Sousa. Uma caixa para arrecadação de alimentos foi colocada à entrada do salão. Todos os alimentos doados serão entregues a artistas que estão passando por dificuldades. “Sabemos que há artistas precisando de ajuda. Estamos fazendo o levantamento e a distribuição será de acordo com a quantidade do que for arrecadado”, diz a artista plástica. A entrega de alimento é voluntária.

Fonte – News Rondônia

Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Brasil

A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou um boletim nesta terça-feira (23) na qual condena, entre outros pontos, o uso de remédios sem eficácia contra...

Mundo

O Canal de Suez, no Egito, é uma das principais travessias marítimas do mundo para o transporte de mercadorias e matérias-primas. Desde terça-feira, a passagem...

Publicidade
× Quero anunciar!