Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Educação

Câmara aprova projeto de lei que regulamenta educação domiciliar

Deputados reunidos durante sessão no Plenário da Câmara para aprovação do ensino domiciliar (homeschooling Foto: Paulo Sérgio/Câmara dos Deputados

O projeto tem o apoio do governo, que o colocou como uma das metas prioritárias para os primeiros 100 dias de governo, embora não tenha tido sucesso para aprová-lo no começo do mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL)

Projeto que regulamenta o homeschooling é apoiado pelo governo – Foto: zapCulture/Pixabay

Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta, 18,  o projeto de lei que regulamenta a prática do ensino domiciliar (homeschooling, no termo em inglês), com 264 votos a favor, 144 contrários e duas abstenções. O PL teve a urgência aprovada pelos deputados anteriormente nesta quarta, então não precisou passar por uma comissão especial e pode ir direto para o plenário da Casa.

O texto altera a Lei de Diretrizes e Bases da Educação para permitir o ensino domiciliar na educação básica (pré-escola, ensinos fundamental e médio), e prevê diversos controles para garantir a qualidade do ensino: a criança deverá ser matriculada em uma instituição que permita a modalidade, e esta escola realizará relatórios trimestrais e avaliações anuais.

Os pais devem ter formação superior, que pode ser acadêmica ou técnica profissional, e certidão de antecedentes criminais negativos para crimes como violência doméstica ou que envolvam crianças.

O projeto tem o apoio do governo, que o colocou como uma das metas prioritárias para os primeiros 100 dias de governo, embora não tenha tido sucesso para aprová-lo no começo do mandato do presidente Jair Bolsonaro (PL).

A razão é que o governo considera que o homeschooling é uma forma dos pais blindarem os filhos de supostas ideologias que seriam passadas nas escolas. Em 2018, o STF entendeu que o ensino domiciliar não é proibido, mas também não é permitido por não ser regulamentado.

Agora, irá para o Senado, e se for aprovado sem alterações no texto-base, irá para a sanção presidencial.

 

Fonte: Jovem Pam

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página
Faça um comentário

Notícias relacionadas

Rondônia

Um vídeo que mostra os últimos minutos de vida de uma mulher que foi morta pelo tribunal do crime. A jovem identificada como Adriana...

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Destaques

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia informa os horários de restrição de circulação de veículos em razão dos feriados de Natal e de...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Publicidade
× Quero anunciar!