Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Capital

Vacina contra Covid em Porto Velho: quem pode ser vacinado, quando e o que deve fazer

A segunda dose está sendo aplicada em pessoas que tomaram a primeiro dose da AstraZeneca nos dias 8 e 10 de maio e para quem tomou a primeira dose da Pfizer nos dias 12 e 13 de maio

Vacina contra Covid-19 — Foto: Armando Junior/Rede Amazônica

Nesta terça-feira (3) a prefeitura deu início na aplicação da 1ª dose da vacina em pessoas com mais de 24 anos que possuem cadastro no aplicativo SASI. A imunização será de 9h às 16h.

Locais de vacinação em Porto Velho

Público Dose Hora Local
Pessoas com mais de 24 anos 1 9h às 16h Faculdade Fimca – Rua Araras, 241, Eldorado
Público geral, profissionais da educação, grávidas e puérperas 2 9h às 16h Faculdade São Lucas Campus 2 – Rua João Goulart, 666, Mato Grosso

A segunda dose está sendo aplicada em pessoas que tomaram a primeiro dose da AstraZeneca nos dias 8 e 10 de maio e para quem tomou a primeira dose da Pfizer nos dias 12 e 13 de maio.

Além disso, profissionais da educação que receberam a primeira dose da AstraZeneca nos dias 16 e 17 de junho também podem receber a segunda dose do imunizante.

A Semusa alerta para o comparecimento de pessoas que estão dentro do prazo para receber a segunda dose. Apenas com a aplicação da segunda dose se garante a eficácia da imunização.

A Prefeitura de Porto Velho iniciou a vacinação contra a Covid-19 em 19 de janeiro e foi ampliando o calendário de vacinação do público-alvo conforme chegam novas doses.

Quais grupos já começaram a receber as doses na capital:

  • Profissionais de saúde;
  • Idosos com 60 anos ou mais;
  • Trabalhadores do sistema funerário;
  • Trabalhadores da Defesa Civil Municipal que atuam na força-tarefa das enchentes;
  • Conselheiros municipais e estaduais de saúde que trabalham presencialmente em estabelecimentos de saúde;
  • Profissionais de clínicas particulares;
  • Trabalhadores da segurança pública;
  • Pessoas em situação de rua com mais de 60 anos ou em tratamento de tuberculose ou HIV;
  • Pessoas com Síndrome de Down acima de 18 anos;
  • Pessoas com doença renal crônica em terapia de substituição renal (diálise);
  • Pessoas com deficiência permanente, cadastradas no Programa de Benefício de Prestação Continuada (BPC) com mais de 18 anos;
  • Gestantes e puérperas acima de 18 anos;
  • Pessoas com HIV;
  • Pessoas com comorbidades com mais de 18 anos;
  • Trabalhadores da educação e professores
  • Veterinários, auxiliares e técnicos de veterinária, e educador físico atuante em academias
  • Trabalhadores portuários
  • Pessoas com mais de 27 anos sem comorbidades
  • Trabalhadores do transporte coletivo
  • Trabalhadores da Indústria

 

Cadastro para agendar vacina

O cadastro para agendar a vacina está aberto para toda população de Porto Velho e deve ser realizado pelo aplicativo Sasi.

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página

O app segue os parâmetros do Plano Nacional de Imunização (PNI) e foi planejado para registrar informações sobre a população e facilitar o agendamento das vacinas.

O cadastro para entrar na fila da vacina contra Covid-19 só é feito pelo aplicativo Sasi. O sistema é autoexplicativo e para ativá-lo, o usuário deve digitar o código PVH21. O aplicativo está disponível para celulares Android e também sistema IOS.

Faça um comentário

Notícias relacionadas

Rondônia

Um vídeo que mostra os últimos minutos de vida de uma mulher que foi morta pelo tribunal do crime. A jovem identificada como Adriana...

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Destaques

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia informa os horários de restrição de circulação de veículos em razão dos feriados de Natal e de...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Publicidade
× Quero anunciar!