🎙 A rádio que todo mundo ouve!

🎼 Escute no rádio, no carro, pelo APP e pelo site!

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Porto Velho

Menu

URGENTE: Piratas são presos após roubo de R$60 mil reais em embarcação no Rio Madeira

Oito pessoas identificadas como Erivan S. N., de 24 anos, Douglas L. S., de 26 anos, Railson G. S., de 24 anos, Jaime C. G., de 40 anos, Salustiano S. F., de 20 anos, Lordeli C. P. C., de 28 anos, Cassandra de C. S. M., de 25 anos, e Ana de N. B., de 30 anos, foram presos na madrugada desta sexta-feira (04), suspeitos de participação em um roubo de R$ 60 mil reais ocorrido em uma embarcação no rio Madeira na cidade de Humaitá-AM.

O bando foi flagrado com várias armas, dinheiro e vários outros objetos roubados das vítimas. De acordo com o boletim de ocorrência, piratas atacaram a embarcação que seguia pelo rio Madeira, e após o roubo o bando se deslocou para Porto Velho em um carro modelo Toyota Etios, de cor prata.

Durante uma barreira feita na BR-319 e Estrada da Penal, um carro modelo Saveiro conseguiu furar o bloqueio e depois foi encontrado abandonado próximo ao porto graneleiro Magi com vários objetos roubados das vítimas.

Policiais receberam informações que participantes do roubo estariam no Etios na zona leste, onde foram localizados na avenida Mamoré com Alexandre Guimarães, em seguida, iniciaram uma perseguição depois que o motorista não obedeceu a ordem de parada.

Só na rua Idalva Fraga Moreira, bairro Tancredo Neves, o veículo foi parado e foram abordados Douglas que dirigia, o foragido da justiça Jaime e Ana Nazaré. Dentro do carro foram localizados uma pistola calibre .40 com dois carregadores e 10 munições intactas.

Em outras duas casas foi realizado cerco com várias guarnições e localizados os demais envolvidos no roubo. Com eles foram apreendidas outras três pistolas com munições, mais de R$20 mil reais e outros objetos. Um suspeito conseguiu fugir em uma moto modelo XRE.

Todos preferiram ficar em silêncio sobre o roubo. O bando recebeu voz de prisão e foi conduzido a Central de Polícia onde ficaram à disposição da justiça.

Fonte: Rondoniagora

× Quero anunciar!