Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Rondônia

Semana Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas começou na segunda-feira, 21 em Rondônia

Semana Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas começou na segunda-feira 21, em Rondônia

Para o secretário da Saúde, Fernando Máximo, o tema é de extrema importância em toda a sociedade, e acentuou que o Governo do Estado e demais órgãos devem estar empenhados para atuar nessa problemática

Semana Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas começou na segunda-feira 21, em Rondônia

O Governo do Rondônia, por meio do Conselho Estadual de Políticas Sobre Drogas (Conepod), promoveu na segunda-feira (21), no auditório Jerônimo Santana do Palácio Rio Madeira, em Porto Velho, a abertura da Semana Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas, com o tema “Rondônia contra o uso indevido das drogas”.

A abertura do evento contou com a participação do governador Marcos Rocha, que parabenizou o presidente do Conepod, David Inácio dos Santos Filho, pelo trabalho realizado à frente do conselho e lembrou da atuação quanto a políticas públicas sobre drogas, quando esteve à frente da Secretaria de Estado da Justiça (Sejus).

“Muitos dos que acabam sendo presos, tem envolvimento com drogas e começam apenas com uma utilização. Isso acaba aumentando a população carcerária, aumenta o número de crimes e as famílias acabam sofrendo por essa questão. Por meio do plano de execução, queremos reduzir o número de ilícitos”, disse o governador.

O presidente do Conepod, afirmou que é preciso compreender a política sobre drogas, pois antes de ser um problema de polícia e um problema de justiça, de saúde pública e social. Santos Filho ainda citou a Lei nº 11.343, de 23 de agosto de 2006, que instituiu o Sistema Nacional de Políticas Públicas sobre Drogas. “Com essa visão, estamos trabalhando e sensibilizando os municípios, para que sejam criados esses conselhos municipais, que são importantes, e em parceria com os demais órgãos, queremos fazer esse enfrentamento de maneira correta”.

Após a abertura do evento, a defensora pública Isabela Moreira Campos, ministrou uma palestra, abordando sobre a “Atribuição da União, Estados, Distrito Federal e municípios na Política Pública sobre Drogas”. Durante a palestra, a defensora argumentou que o momento é de reflexão e identificar o que pode ser feito a respeito da política pública sobre drogas. “É preciso utilizar todas as abordagens que serão feitas em ações concretas, com o envolvimento de todos os poderes, para que consigamos avançar e trazer soluções efetivas”.

Para o secretário da Saúde, Fernando Máximo, o tema é de extrema importância em toda a sociedade, e acentuou que o Governo do Estado e demais órgãos devem estar empenhados para atuar nessa problemática. “É um problema que afeta a saúde pública, pois além das prisões superlotadas, os hospitais acabam cheios devido a pacientes que chegam baleados por problemas com drogas”.

O ato contou com a participação dos titulares da pasta da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, da Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Suamy Vivecanda, da Secretaria de Estado da Segurança, Defesa e Cidadania (Sesdec), Hélio Pachá, da diretora adjunta do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Benedita Oliveira, do comandante geral do Corpo de Bombeiros Militar (CBM), coronel Nivaldo Oliveira, do defensor público-geral de Rondônia (DPE), Hans Lucas Immich, da promotora de justiça do Ministério Público de Rondônia (MP), Edna Capelli, do conselheiro do Tribunal de Justiça de Rondônia (TJ), Marçal Couceiro, além de conselheiros do Conepod.

 

Secom – Governo de Rondônia

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página

Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Brasil

A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou um boletim nesta terça-feira (23) na qual condena, entre outros pontos, o uso de remédios sem eficácia contra...

Mundo

O Canal de Suez, no Egito, é uma das principais travessias marítimas do mundo para o transporte de mercadorias e matérias-primas. Desde terça-feira, a passagem...

Publicidade
× Quero anunciar!