🎙 A rádio que todo mundo ouve!

🎼 Escute no rádio, no carro, pelo APP e pelo site!

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Porto Velho

Menu

Sedam leva ações de educação ambiental às aldeias indígenas de Alto Alegre dos Parecis e Parecis

Com o objetivo de assegurar o reconhecimento e a consolidação dos direitos dos povos indígenas e fomentar a cultura dos povos originários, o Governo de Rondônia, por meio da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Ambiental – Sedam, realizou nos dias 15 e 16 de junho, uma visita técnica ao Território Indígena Rio Mequens, localizado no município de Alto Alegre dos Parecis e Território Kwazar do Rio São Pedro, em Parecis.

A visita atende ao Programa Estadual de Educação Ambiental em Terras Indígenas – Peatir, visando atingir as metas para o fortalecimento de políticas públicas de valorização e proteção dos Povos Indígenas, por intermédio da Política Nacional de Gestão Ambiental em Terras Indígenas – PNGATI. A ação foi desenvolvida pela Coordenadoria de Povos Indígena – Copin.

Durante a visita, os técnicos da Sedam realizaram palestras de esclarecimento sobre os salvaguardas socioambientais, projetos de Redução de Emissões provenientes de Desmatamento e Degradação Florestal, incluindo também, a conservação e aumento dos estoques de carbono florestal e o manejo sustentável das florestas – REDD+, Mercado de Carbono, monitoramento dos territórios com uso do geoportal e educação ambiental, em parceria com a Coordenadoria de Geociência – Cogeo, Coordenadoria de  Educação Ambiental – Ceam e Diretoria de Governança Climática – Dgovclima. As atividades foram desenvolvidas na aldeia indígena Tsupypary T.I. Rio Mequéns e aldeia indígenas Nova Kwazar T.I Kwazar do Rio São Pedro. Todas as ações desenvolvidas obedecem às competências da Fundação Nacional dos Povos Indígenas – Funai.

Para o governador Marcos Rocha, as ações de educação ambiental junto às comunidades dos povos originários, reafirmam o papel relevante que os mesmos desempenham no desenvolvimento local. “Esses programas levam aos povos indígenas informações importantes, que contribuem com a conservação ambiental. Os assuntos apresentados incentivam a população local a continuar participando ativamente das atividades de vigilância, fiscalização e proteção à natureza ”, destacou.

De acordo com Waldemir Barabada Coiryn, da Coordenadoria de Povos Indígenas, a ação serviu para que a equipe levasse orientações às duas etnias e três aldeias, oportunizando acesso a ferramentas que contribuem para o acompanhamento dos territórios indígenas. “Os indígenas são muito comprometidos com a preservação das florestas e os instrumentos que levamos até as comunidades, são aliados importantes para a sequência dos trabalhos. As informações passadas pela Copin junto às  políticas públicas de governança climática, fortalecem os povos indígenas na busca pela preservação do meio ambiente”, evidenciou.

× Quero anunciar!