Rondônia

Perícia médica é retomada nas agências do INSS de três cidades de Rondônia

Retorno do serviço ocorreu nas cidades de Porto Velho, Ouro Preto do Oeste e Cacoal. Atendimento é feito de forma integral e segue todos os protocolos de segurança

 

Agência do INSS. — Foto: JN

Três agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) já retomaram as perícias médicas em Rondônia. O retorno do serviço ocorreu nas cidades de Porto Velho, Ouro Preto do Oeste e Cacoal. O atendimento é feito de forma integral e segue todos os protocolos de segurança.

Entretanto, o gerente executivo do INSS em Rondônia, Saulo Sampaio Macedo, reforçou que o atendimento “não está como anteriormente”, pois ainda “há necessidade de manutenção das medidas restritivas”.

Seis das 19 agências espalhadas pelo estado começaram a atender fisicamente os segurados dia 14 de setembro, mas com o atendimento dos médicos peritos suspenso. O instituto optou por reabrir as maiores agências do país, que respondem por cerca de 70% da demanda.

Os serviços para atendimento presencial no INSS em Rondônia são:

  • Avaliação Social
  • Reabilitação Profissional
  • Cumprimento Exigência
  • Perícia Médica
  • Justificação Administrativa e Judicial
  • Procedimentos do MOB

Saulo Macedo informou que o atendimento administrativo para cumprimento de exigências é feito mediante agendamento prévio nas agências da capital, Guajará Mirim, Ouro Preto, Cacoal, Rolim Moura e Prevbarco (Costa Marques).

Em Ji-Paraná, o atendimento permanece remoto através do plantão e canais online. Ainda não há data para retorno dos atendimentos presenciais na cidade. Apesar disso, o gerente do INSS disse que terá, em breve, as datas para reabertura de mais algumas agências “dentro do plano de retorno gradual e seguro”.

Os usuários devem realizar agendamento prévio no site do INSS (acesse aqui), pelo telefone 135 ou no aplicativo “Meu INSS“.

Atendimento

Ao realizar o agendamento, o segurado será orientado em relação à agência onde será atendido. Quem for às agências deverá usar máscaras e será terá sua temperatura medida antes de entrar no local.

Se a temperatura estiver dentro da normalidade (menor que 37,5°C), o funcionário deverá orientar o segurado sobre:

  • a necessidade do uso de álcool em gel para higienização das mãos;
  • importância de manter o distanciamento mínimo de 1 metro entre as pessoas; e
  • a obrigatoriedade o uso de máscara durante todo o período em que permanecer nas dependências do INSS. Se o segurado estiver usando máscara úmida, suja ou rasgada, deverá receber uma máscara descartável.

    Os servidores, empregados públicos, contratados temporários, estagiários, terceirizados e colaboradores deverão usar Equipamentos de Proteção Individual para realização das suas atividades.

    Se a temperatura se mantiver indicativa de febre (mais que 37,5°C), o acesso do segurado será negado e ele será orientado a procurar uma unidade de saúde ou um médico. O funcionário deverá ainda orientar o cidadão a realizar o reagendamento do serviço pelos canais remotos.

    Fonte: G1 RO
Tags

Mais sobre o autor

José Roberto

Sou José Roberto Dal Santo, locutor / jornalista MTE-RO 1523, comecei minhas atividades profissionais no rádio em 1996, passei por várias emissoras, entre elas; Rádio Alvorada AM, Itapirema AM, Rádio Ji-Paraná AM, Clube Cidade FM, atualmente estou no ar na Rondônia FM de Presidente Médici, onde apresento três programas; Bom Dia Rondônia, R R Notícias e o Som da Terra.

Comentar!

Clique aqui para comentar!

× Quero anunciar!