Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Rondônia

Máscaras de tecido distribuídas pela Seas já podem ser retiradas nos escritórios da Emater em Rondônia

Mais de 47 mil máscaras de tecido já estão disponíveis para retirada, a partir desta segunda-feira (10), nos escritórios da Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural de Rondônia (Emater), dando cumprimento à primeira fase do “Projeto Previna-se”, criado pela Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas) com intuito de proteger as famílias em situação de vulnerabilidade social e financeira nesse momento de pandemia.

Durante solenidade de entrega realizada nesta semana, foi anunciada a disponibilidade para retirada das máscaras nos escritórios da Emater. Ao todo, serão distribuídas de forma gratuita 248.110 máscaras para as famílias vulneráveis em Rondônia. A Emater vai auxiliar na distribuição e retirada nas unidades, através dos 73 escritórios localizados no Estado. Segundo a primeira-dama e secretária da Seas, Luana Rocha, o “Projeto Previna-se” busca oferecer proteção as famílias.

“Nosso objetivo é que as máscaras cheguem a cada família vulnerável do Estado, de forma que possam estar ainda mais protegidas”, destacou a secretária Luana Rocha.

Segundo o presidente da Emater, Luciano Brandão, a parceria com a Seas busca garantir que as famílias tenham acesso às máscaras de forma a facilitar a distribuição. “A Emater está presente hoje em todo o Estado, o que facilita nosso contato com as inúmeras famílias. A partir dessa semana elas já podem retirar as unidades em nossos escritórios”, ressaltou o presidente.

RETIRADA DAS MÁSCARAS

Cada família tem direito a retirar entre 4 a 8 unidades, sendo necessária apenas a apresentação de um documento de identificação na hora da retirada. Gabriela Ortiz, presidente da Associação do Setor Chacareiro, explica que o projeto é muito bom e possui grande importância para as famílias vulneráveis. “Nós somos hoje uma comunidade com quase duas mil famílias de agricultores. Nós precisávamos desse apoio do Governo, e as máscaras do Projeto Previna-se chegaram em boa hora”, afirmou a representante da associação.

Nesse primeiro momento 47.766 (quarenta e sete mil setecentos e sessenta e seis) máscaras de tecidos serão distribuídas, com previsão de até o mês de setembro efetuar a entrega total. As máscaras são de tecido com dupla proteção e reutilizáveis, seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS). Elas são um dos itens principais para a proteção contra a Covid-19 e devem ser utilizadas regularmente.

A Seas orienta ainda que os beneficiários não façam a venda das máscaras que foram feitas exclusivamente para atender as famílias em situação de vulnerabilidade social.

Secom

Faça um comentário
Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Brasil

A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou um boletim nesta terça-feira (23) na qual condena, entre outros pontos, o uso de remédios sem eficácia contra...

Mundo

O Canal de Suez, no Egito, é uma das principais travessias marítimas do mundo para o transporte de mercadorias e matérias-primas. Desde terça-feira, a passagem...

Publicidade
× Quero anunciar!