Destaques

Mais de 4,7 mil empresas fecharam as portas em 2020

Comércio fechado — Foto: Marcos Serra Lima/G1

De acordo com informações da Junta Comercial do Estado de Rondônia (Juncer), 4.800 empresas fecharam as portas entre janeiro e agosto deste ano. O valor ainda é menor se comparado ao número de empresas que deram baixas no mesmo período no ano de 2019, quando 5.179 negócios fecharam.

Fevereiro deste ano, antes da pandemia, foi o mês com piores resultados no número de empresas com baixas, um total de 739. Nos meses seguintes esses registros diminuíram consideravelmente e voltaram a subir em julho, conforme apresentado no gráfico abaixo.

José Alberto Anísio, presidente da Juncer, explica que a pandemia paralisou muitas empresas e mesmo que visivelmente muitas tenham fechado, os dados com as baixas reais e totais só poderão ser compilados em 2021.

“A pandemia, ao que se refere ao impacto de fechamento de empresas, só vai ser vista no ano que vem, pois muitos encerram as atividades da empresa ou paralisam por um determinado período para ver se começa a funcionar de novo e assim, retomar a funcionalidade. Então encerrar o registro na junta é uma atividade que o empresário vai fazer por último, somente quando não houver outro jeito”, explica.

Por enquanto, entre os segmentos mais afetados pela pandemia do novo coronavírus está o comércio varejista de artigos do vestuário e acessórios, foram 280 empresas desse núcleo que fecharam as portas de março a agosto deste ano.

Na sequência estão os minimercados, mercearias e similares, que 112 acabaram fechando. Ainda no ramo alimentício: 102 lanchonetes e 88 restaurantes concluíram as atividades.

Quantitativo de empresas com Registro Ativo

Em Rondônia 161.399 empresas têm o registro ativo na Junta Comercial. Sendo que quase 55 mil são em Porto Velho e 14.513 em Ji-Paraná, veja exemplos em algumas cidades do estado:

Informações do G1/RO

× Quero anunciar!