Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Destaques

Ji-Paraná completa 43 Anos de emancipação político administrativo, município não terá abertura da Casa do Papai Noel e Vila Natalina neste fim de ano

Foto: José Roberto

Foto: José Roberto

O município de Ji-Paraná, localizada na região central do estado, distante 376,7 km da capital Porto Velho via BR-364, uma cidade acolhedora e cheia de belezas naturais, considerada a segunda mais importante do estado de Rondônia completou 43 anos de emancipação política e administrativa no último domingo, dia 22 de novembro.

Este ano devido a pandemia do novo coronavírus, as festividades alusivas ao aniversário do município contaram apenas com algumas atrações;

No domingo (22), aconteceu a abertura da Mostra Fotográfica “Ji-Paraná Cidade Próspera”. As fotografias foram selecionadas por concurso organizado pela Fundação Cultural de Ji-Paraná (FCJ).

A mostra reuniu trabalhos de fotógrafos profissionais e amadores do município e região e ficarão expostos no período de 22 de novembro de 2020 a 22 de novembro de 2021. A seleção das fotografias foi realizada por uma comissão formada por especialistas em artes visuais.

De acordo com a presidente da Fundação Cultural, Keila Barbosa, a edição de 2020 teve 96 trabalhos inscritos.

Foto: José Roberto

“É uma mostra de fotografias a céu aberto que retrata a cidade de Ji-Paraná por vários ângulos, e é a única do estado de Rondônia a fazer uma homenagem à cidade”, justificou Keila Barbosa.  De acordo com o regulamento, cada participante poderia inscrever até três trabalhos.

No sábado (21), a Fundação Cultural promoveu uma “LIVE Especial” para a festa de aniversário da cidade, com as presenças da cantora, Fernanda Silva, ex-participante do The Voice Brasil, a dupla, Henrique e João Marcos e a cantora Marfiza. O evento contou com a parceria do Sistema Fecomércio-RO e Sesc/Senac.

Também em comemoração aos 43 de Ji-Paraná, a Semetur promoveu a 1ª Copa Pódio de Jiu-Jitsu no Centro de Artes Marciais com a participação de atletas rondonienses e de vários estados brasileiros e torneio de vôlei de areia na quadra do Cedel, no bairro Mário Andreazza (BNH), 2º distrito.

A Fundação Cultural de Ji-Paraná (FCJP) e a Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) trabalharam desde o início do mês para finalizar as instalação dos enfeites natalinos em pontos estratégicos da cidade até a data de aniversário do município.

Foto: José Roberto

O Papai Noel gingante, cartão postal de Ji-Paraná no fim de ano, já foi montado, e chama a atenção de moradores e motoristas que trafegam pela BR-364.

Segundo a presidente da FCJP, Keila Barbosa, todos os anos a Semosp segue um cronograma para a instalação dos ornamentos. “Primeiro, os enfeites são distribuídos em Ji-Paraná, em seguida, a distribuição acontece nos distritos de Nova Colina e Nova Londrina”, explicou.

Keila Barbosa afirmou que, em 2020, novas peças foram confeccionadas pelas equipes da Semosp. Além disso, a decoração produzida em anos anteriores passa por reparos e recebe nova pintura. “É um trabalho árduo que exige dedicação, empenho e muita criatividade”, admitiu.

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página

Foto: José Roberto

Devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), neste ano a Casa do Papai Noel, não será aberta ao público e não haverá apresentações na Vila Natalina, montada na Praça da Bíblia. Pelo mesmo motivo, não aconteceu o show em homenagem ao aniversário da cidade.

 

Por José Roberto

Com informações: Assessoria

Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Brasil

A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou um boletim nesta terça-feira (23) na qual condena, entre outros pontos, o uso de remédios sem eficácia contra...

Mundo

O Canal de Suez, no Egito, é uma das principais travessias marítimas do mundo para o transporte de mercadorias e matérias-primas. Desde terça-feira, a passagem...

Publicidade
× Quero anunciar!