Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Destaques

HCR para de receber novos pacientes em Ji-Paraná por não conseguir comprar cilindros de oxigênio

Foto: Divulgação

 

O Hospital Cândido Rondon (HCR) em Ji-Paraná (RO), informou nesta sexta-feira (15) que não consegue comprar cilindros de oxigênio e que por isso não receberá novos pacientes na unidade de saúde. O hospital diz que atingiu a capacidade máxima de lotação em todos os leitos destinados a pacientes com Covid-19.

“Estamos tentando ampliação de novos leitos, porém não estamos conseguindo comprar cilindros de oxigênio dos fornecedores que estão informando que não tem para pronta entrega e sem previsão de entrega por parte dos mesmos”, informou a administração do hospital em nota.

 

A administração do HCR reiterou que não falta oxigênio para os pacientes já internados e há o “suficiente para cuidar daqueles que já estão na unidade”, porém não existe a possibilidade atual de abertura de novos leitos.

“Dessa forma sugerimos que os novos pacientes procurem outras unidades hospitalares para evitar maiores complicações de saúde”, declarou o hospital.

Comunicado do Hospital Cândido Rondon em Ji-Paraná  — Foto: Reprodução/Facebook

Comunicado do Hospital Cândido Rondon em Ji-Paraná — Foto: Reprodução/Facebook

Ji-Paraná tem 5.363 casos confirmados de Covid-19 desde o início da pandemia no estado, e chegou aos 128 mortos pela doença. Nas últimas 24 horas 108 novos casos de coronavírus foram registrados na cidade, segundo boletim de saúde da Sesau e Agevisa.

G1 entrou em contato com a Secretaria de Estado de Saúde (Sesau) e, até a última atualização desta reportagem, não obteve resposta referente a possibilidade de abertura de novos leitos no HCR.

Por que pacientes com Covid precisam de oxigênio?

 

O coronavírus Sars-CoV-2, que causa a Covid-19, causa uma inflamação no pulmão. Isso faz com que ele não consiga mais transferir de forma eficaz o oxigênio que a pessoa respira para dentro do sangue e das células.

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página

Quando isso acontece, a saturação de oxigênio – a concentração dele no sangue – começa a cair. O percentual normal de saturação fica entre 95% e 99%. Quando a pessoa não respira direito, esse índice começa a cair. A intubação, assim como outros métodos de aporte de oxigênio, ajudam a recuperar a saturação de oxigênio no sangue – por isso são tão importantes para pacientes com Covid.

Situação em Manaus

 

Em Manaus, hospitais lotados ficam sem oxigênio e pacientes são transferidos para outros estados
Em Manaus, hospitais lotados ficam sem oxigênio e pacientes são transferidos para outros estados

Manaus vive uma situação absolutamente dramática. Com hospitais lotados e sem cilindros de oxigênio suficientes, o governo do Amazonas começou a transferir pacientes de Covid para outros estados e decretou toque de recolher.

É o caos. Pacientes em enfermarias lotadas, sendo reanimados no chão. “Em muitas ocasiões, a gente entuba e fica ventilando na mão até arrumar um ventilador. A gente fica ambuzando o paciente até conseguir um ventilador de algum paciente que falece. Mas é complicado porque até oxigênio está faltando para gente”, conta uma funcionária do Hospital 28 de Agosto.

Fonte: G1 RO

Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Brasil

A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou um boletim nesta terça-feira (23) na qual condena, entre outros pontos, o uso de remédios sem eficácia contra...

Mundo

O Canal de Suez, no Egito, é uma das principais travessias marítimas do mundo para o transporte de mercadorias e matérias-primas. Desde terça-feira, a passagem...

Publicidade
× Quero anunciar!