🎙 A rádio que todo mundo ouve!

🎼 Escute no rádio, no carro, pelo APP e pelo site!

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Porto Velho

Menu

Entenda por que ‘cantoria’ das cigarras aumentou em Porto Velho.

Com as chuvas e o aumento da temperatura, característicos da estação popularmente conhecida em Rondônia como ‘Verão Amazônico’, as noites quentes ganham um novo e barulhento ritmo. Basta uma chuvinha nessa época do ano para que cigarras, muito conhecidas pela sua “cantoria”, potencializem seu volume.

Os registros de chuvas intensas sobre Porto Velho nas últimas semanas fizeram com que os moradores da capital fossem bombardeados pelo som emitido por esses insetos. Moradores relatam dificuldade em lidar com aumento do barulho causado pelos insetos. Compatível ao barulho da turbina de um avião, o som de algumas espécies pode atingir até 120 decibéis, classificado como ensurdecedor.

Nas redes sociais, uma moradora relatou que desde que as ‘cantorias’ começaram, não tem mais sossego.

“Porque as cigarras estão cantando dia e noite ininterruptamente agora, se antes era às 18 horas? Pelo menos aqui em casa, elas estão tirando meu sossego”, relatou uma moradora da capital.

Compatível ao barulho da turbina de um avião, o som de algumas espécies pode atingir até 120 decibéis, classificado como ensurdecedor.

Mas, você sabe por que ela emite esse barulho e qual é a sua importância ecológica?

Canto do acasalamento

O som emitido pelas asas das cigarras é parte de uma estratégia de atração. O macho utiliza esse recurso para se aproximar da fêmea, que, ao contrário dele, tem um som quase imperceptível. Estudos também indicam que há possibilidade de o “canto” ser uma estratégia de defesa contra predadores.

Ao contrário do que possa parecer, a cigarra não emite o som com a boca ou com alguma vibração vocal que realiza. É o esfregar das asas no próprio corpo, em um par de estruturas abdominais chamadas timbales, que consegue produzir e amplificar essa sinfonia.

Vida debaixo da terra

Apesar de aparecerem com mais frequência nos períodos quentes, as cigarras se abrigam debaixo da terra por anos. Percorrendo túneis escavados, lá vivem por anos, se alimentando da seiva das raízes, até que estejam prontas para o acasalamento.

Ao saírem, os pequenos insetos vivem por semanas, até que cumpram com o seu papel reprodutivo e morram logo após da deposição dos ovos em rachaduras nos caules de plantas hospedeiras e o nascimento dos filhotes.

Alimento de aves

As cigarras são especiais por apresentam um importante papel ecológico na cadeia alimentar. As aves se alimentam de muitas cigarras quando elas saem de seus esconderijos e esses insetos são encontrados facilmente graças som forte que emitem, facilitando a localização.

Fonte: G1 Rondônia

× Quero anunciar!