Rondônia

Em três dias, povo Paiter Suruí perde duas lideranças indígenas para o coronavírus

Morreu na noite desta quinta – feira (27), o indígena Renato Suruí, em Cacoal. Ele é a segunda vítima da Covid-19 na etnia. Renato foi forte liderança indígena em Rondônia, professor e pesquisador.

A primeira foi Iabibi Suruí, que faleceu na última segunda-feira (24).

A informação foi confirmada pela Associação de Defesa Etnoambiental (Kanindé).

De acordo com a ambientalista, Ivaneide Bandeira, cunhada de Renato e que atua na Kanindé, o indígena estava há 21 dias internado no Hospital Regional de Cacoal, devido agravamento da doença.

“Ele era meu cunhado, morreu vítima de Covid-19. A situação é muito triste, a doença está se alastrando pelas aldeias. Em poucos dias havia morrido Iabibi Suruí e essas perdas têm nos causado muita dor. O povo Paiter Suruí de Rondônia está em luto”, disse Ivaneide.

De acordo com a Kanindé, atualmente três indígenas Suruí estão internados por causa da Covid-19.

× Quero anunciar!