Lei seca

Em Guajará-Mirim 7 pessoas são presas durante operação Lei Seca no 1º dia de Carnaval

Na 1ª noite de carnaval em Guajará-Mirim 7 prisões de pessoas dirigindo alcoolizadas foram realizadas, de acordo com dados obtidos com exclusividade pelo site Agora Guajará, entre os presos estão autônomos, empresários e servidores públicos .

A Operações Lei Seca, é realizada pelo Detran com apoio de Policiais Civis e Militares. As ações foram realizadas em dois pontos na noite de sexta-feira (18), foram abordados mais de 110 veículos e lavrados 37 autos de infrações de trânsito decorrentes de flagrantes infringências ao Código de Trânsito Brasileiro.

O condutor que for abordado e soprar o bafômetro com resultado acima do limite tolerado na lei seca, será punido segundo o artigo 165 do código de trânsito brasileiro.

Se o motorista se recusar a fazer o teste também pode ser autuado segundo o artigo 165-a do CTB. As punições para ambos são:

Multa de R$2.934, 70;

Suspensão por 12 meses do direito de conduzir veículos automotores;

Com reincidência no período de um ano a multa é dobrada para $ 5.869,40.

Além disso, se na situação do flagrante expôs terceiros a potencial dano, o motorista pode ser enquadrado pelo agente fiscalizador no artigo 306 do CTB, que configura crimes de trânsito, neste caso a punição é de:

Prisão de 6 meses a três anos;

Multa;

Suspensão da CNH ou proibição de dirigir qualquer veículo automóvel.

Os condutores que cometem homicídio ao dirigir embriagados têm pena maior, de cinco a oito anos de prisão.

Fonte: Agora Guajará

Faça um comentário
Tags: No tags

Comments are closed.