🎙 A rádio que todo mundo ouve!

🎼 Escute no rádio, no carro, pelo APP e pelo site!

--:--
--:--
  • cover
    Rádio Porto Velho

Menu

Cremero é contra projeto de lei que permite acompanhante para mulher submetida a exame com sedação

O Conselho Regional de Medicina do Estado de Rondônia (Cremero) divulgou nesta quarta-feira (13) no site oficial do Conselho, Nota de Esclarecimento em relação aos questionamentos de médicos em relação ao projeto de lei da Assembleia Legislativa do Estado (ALE/RO) que dispõe sobre o direito da mulher à permanência de acompanhantes e atendentes nas salas de exames e consultas das unidades hospitalares, clínicas médicas e estabelecimentos afins quando houver procedimentos sedativos, de anestesia geral e outros procedimentos. Confira a Nota:

Diante da notícia, a presidente do Cremero, Dra. Ellen Santiago, reforçando o objetivo principal deste Conselho de prezar pelo bom exercício da Medicina e dos serviços prestados pelos profissionais para a população, vem a público externar espanto quanto ao projeto de lei em questão.

A pauta é importante dado principalmente os registros recentes de assédio e estupro durante procedimentos, porém precisamos destacar que não é qualquer acompanhante que tem condições psicológicas de presenciar a maioria dos procedimentos médicos. Queremos enfatizar que há maneiras de se prevenir esses problemas e que a responsabilidade por garantir essa segurança é dos núcleos de segurança dos pacientes que funcionam muito bem em muitos hospitais, tanto público quanto privados.

Para o Cremero a sociedade como um todo assim como a ALE tem todo o direito de pedir e cobrar a atuação em conjunto para que esses núcleos sejam efetivos. “Vamos trabalhar incansavelmente para que esse tipo de crime não aconteça, mas se acontecer que esses profissionais sejam prontamente identificados e que respondam aos processos éticos profissionais e sejam penalizados.

 

× Quero anunciar!