Connect with us

Oi, o que você está procurando?

Destaques

Associação de Rolim de Moura é contemplada pela 3ª edição do Elas Periféricas promovido pela Fundação Setúbal e TikTok

A Associação Semeando Letras e Cidadania (ASELCI), de Rolim de Moura (RO), liderada pela professora Helionice de Moura, foi contemplada nesta terça-feira (26/07), na terceira edição do Edital Elas Periféricas, promovido pela Fundação Setúbal e TikTok.

A referida seleção aconteceu em quatro fases sendo: cadastro da entidade, análise do projeto, entrevista com a representante da entidade e apresentação de documentos.

As 60 organizações selecionadas serão beneficiadas por 12 meses para, entre outras coisas, melhorarem sua estruturação e estratégias de planejamento, gestão e atuação voltadas ao desenvolvimento sustentável das periferias e à promoção da justiça social. Além disso, cada uma delas receberá R$ 20 mil para investir no desenvolvimento das suas respectivas atividades.

A Aselci é uma organização não governamental que presta serviços sociais há mais de uma década em Rolim de Moura, atuando nas áreas de meio ambiente e uso sustentável dos recursos naturais, promoção da cultura, esporte e lazer de forma inclusiva, oferta de atividades educativas em espaços não escolares e promoção da igualdade social, racial e de gênero através de ações afirmativas. Essas ações são desenvolvidas no Espaço Ecológico e Recreativo Gaia Amiga que é aberto todos os dias para visitas.

Vale destacar que a Aselci foi a única organização de Rondônia selecionada e contemplada pela terceira edição do Edital Elas Periféricas.

“Estou muito feliz com mais essa vitória, aproveito a oportunidade para agradecer a todas as pessoas que colaboram com a concretização de nossos sonhos”, disse a diretoria da ASELCI, Professora Helionice.

Confira a seguir os projetos contemplados no 3º Elas Periféricas:

  1. Abayomi Juristas Negras (Recife – PE)
  2. Ação de Mulheres pela Equidade – AME (Águas Claras – DF)
  3. Angola Janga (Contagem – MG)
  4. Articulação e Movimento para Travestis e Transexuais de Pernambuco (Recife – PE)
  5. Associação Cultural e Recreativa Afoxé Raízes Africanas (Belford Roxo – RJ)
  6. Associação de Educação, Arte, Cultura e Agroecologia Sítio Agatha (Jaboatão dos Guararapes – PE)
  7. Associação de Prostitutas do Estado do Piauí (Teresina – PI)
  8. Associação Missão Resplandecer (Duque de Caxias – RJ)
  9. Associação Pazear (Olinda – PE)
  10. Associação Semeando Letras e Cidadania (Rolim de Moura – RO)
  11. Atinúké – Sobre o Pensamento de Mulheres Negras (Porto Alegre – RS)
  12. Aura da Luta (Belo Horizonte – MG)
  13. Casa da Baixa Costura (João Pessoa – PB)
  14. Casa das Negas (Fortaleza – CE)
  15. Casa Mãe Mulher (Belford Roxo – RJ)
  16. Casa Poéticas Negras (Paraty – RJ)
  17. Central Única das Favelas de Campo Grande – CUFA-MS (Campo Grande – MS)
  18. Centro Comunitário do Rosarinho (Cachoeira – BA)
  19. Centro Cultural Cambinda Estrela (Recife – PE)
  20. Centro de Integração na Serra da Misericórdia (Rio de janeiro – RJ)
  21. Centro Educacional Criança Futuro e Adolescência (Rio de Janeiro – RJ)
  22. Coletiva Mulheres de Pedra (Rio de Janeiro – RJ)
  23. Coletiva Resistência Lésbica da Maré (Complexo da Maré / Rio de Janeiro – RJ)
  24. Coletivo Filhas da Terra (Ceilândia Sul – DF)
  25. Coletivo Filhas do Vento (Recife – PE)
  26. Coletivo Kindezi (Novo Hamburgo – RS)
  27. Coletivo Liberinas (Presidente Tancredo Neves – BA)
  28. Coletivo Mais Amor Entre Nós (Salvador – BA)
  29. Coletivo Mulheres da Vila da Guia (Teresina – PI)
  30. Coletivo Mulheres Negras da Periferia (São Luís – MA)
  31. Coletivo Mulheres Periféricas (Olinda – PE)
  32. Coletivo Roda de Samba de Mulheres de Itapuã (Salvador-BA)
  33. Coletivo Tereza de Benguela (Belo Horizonte – MG)
  34. Cooperativa Libertas (São Paulo – SP)
  35. Empoderar Mulheres (Milagres – CE)
  36. Favelas Camarás (Camaragibe – PE)
  37. Fundo Agbara (Campinas – SP)
  38. Grupo Amuleto (Salvador – BA)
  39. Grupo Conexão G de Cidadania LGBT de Favelas (Complexo da Maré / Rio de Janeiro – RJ)
  40. Grupo do Espaço Cultural Cachoeiras (São Paulo – SP)
  41. Grupo Ruas e Praças (Recife – PE)
  42. Iada África (São Paulo – SP)
  43. Ilera: Ancestralidade e Saúde (São Paulo – SP)
  44. Instituto Canarinhos de Sergipe (Aracaju – SE)
  45. Instituto das Mulheres Mãe Zefa (São Paulo – SP)
  46. Instituto Hórus Cultura Educação Integral e Desenvolvimento Humano (Rio de Janeiro – RJ)
  47. Instituto Mídia Étnica (Salvador – BA)
  48. Instituto por Direitos e Igualdade (Rio de Janeiro – RJ)
  49. Instituto Social Agatha (Nossa Senhora do Socorro – SE)
  50. Instituto Tucunduba (Belém – PA)
  51. Law Agência de Comunicação (Polo de Modas Guará 2 – DF)
  52. Loka de Efavirenz (Parnamirim – RN)
  53. Mulheres da Parada (São Gonçalo – RJ)
  54. NuTrilhar (Belo Horizonte – MG)
  55. Quilombo Educacional Qbesa (Salvador – BA)
  56. Rede Mulher Ações (Rio Branco – AC)
  57. Rede Nacional de Mulheres Negras no Combate à Violência (Piracicaba – SP)
  58. Revista Afirmativa – Coletivo de Mídia Negra (Salvador – BA)
  59. Telas em Movimento (Belém – PA)
  60. União de Negras e Negros pela Igualdade (Salvador – BA)

 

Diretoria da ASELCI, Professora Helionice

Publicidade. Continue lendo sua matéria ao descer mais a página
Faça um comentário

Notícias relacionadas

Destaques

O Brasil bateu mais uma triste marca na pandemia nesta terça-feira (23), registrando mais de 3 mil mortes por Covid em um dia pela primeira...

Capital

A Caixa Econômica Federal depositará o dinheiro na conta corrente informada pelo trabalhador ou na conta poupança digital, usada para pagar o auxílio emergencial,...

Brasil

A Associação Médica Brasileira (AMB) divulgou um boletim nesta terça-feira (23) na qual condena, entre outros pontos, o uso de remédios sem eficácia contra...

Mundo

O Canal de Suez, no Egito, é uma das principais travessias marítimas do mundo para o transporte de mercadorias e matérias-primas. Desde terça-feira, a passagem...

Publicidade
× Quero anunciar!