Apenados de Presidente Médici poderão ter pena reduzida através da leitura

O projeto disponibiliza acesso à cultura e à ressocialização, num cenário de falta trabalho e educação aos presos, o programa permite reduzir a pena através da leitura

Os apenados da Unidade Prisional de Presidente Médici poderão ter suas penas reduzidas através da leitura, uma campanha de doação de livros para o Sistema Prisional de Presidente Médici, intitulada, “Conhecimento e Liberdade”, está em andamento no município até o próximo dia 15 de dezembro.

O projeto disponibiliza acesso à cultura e à ressocialização, num cenário de falta trabalho e educação aos presos, o programa permite reduzir a pena através da leitura.

A MM. juíza da Comarca de Presidente Médici, DRª Angélica Freire, falou sobre a importância desse projeto:

Segundo Drª Angélica, a Recomendação nº 44 de 2013 do CNJ, prevê essa possibilidade ao reeducando, ao preso, de ter a remissão de sua pena através do trabalho e do estudo, no caso da remissão pela leitura, o preso faz a leitura de uma determinada obra, e posteriormente é feita uma resenha dessa obra que é avaliada por uma comissão, com isso, o reeducando recebe uma nota onde é possível fazer a remissão da pena”.

Cada obra lida possibilita a remição de quatro dias de pena, com o limite de 12 livros por ano, ou seja, no máximo 48 dias de remição por leitura a cada 12 meses”.

Para o diretor do presidio local; “o detendo ao manter sua mente ocupada com a leitura, ocupando seu tempo com estudos, e ao saber que ele pode através desse estudo sair mais rápido do cárcere ele fica mais comportado, trazendo mais tranquilidade aos agentes penitenciário”, finaliza o diretor.

Para contribuir com esse projeto faça a sua doação de livros até o dia 15 de dezembro do corrente ano, nos seguintes locais:

– Fórum Prof. Pontes de Miranda, Rua Castelo Branco, 2667 – Centro.

–  Quartel da Policia Militar, Av. Porto Velho, 2169 – Hernandes Gonçalves.

– Policia Mirim, Rua Paraná 3205, atrás do Centro Cultural – Centro.

– Subseção da OAB/RO, Rua Castelo Branco, 2600 – Centro.

– Ministério Público, Av. Dom Bosco, 2693 – Centro.

–  Defensoria Pública, Rua Castelo Branco, 884 – Centro.

 

 

José Roberto/MTE-RO 1523

Visualizações:
117

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

× Quero anunciar!